quarta-feira, novembro 06, 2013

Mapas esquemáticos e as intervenções viárias (Fast Information/Informaciones rápidas)

Continuando nossas considerações em relação as intervenções causadas por obras, não podemos deixar de relatar as epopeias dos nossos políticos que se valem do artifício da informação para divulgar suas obras nestes tipos de material informativo mas, nesse quesito, eu sou obrigado a concordar que é um mal necessário. A obra do porto que tanto aflige o carioca nesse momento, está sendo divulgada por material informativo questionável, não concordo com a metodologia de distribuição mas é melhor que nada, quanto ao impresso tenho ressalvas quanto aos mapas aerofotogramétricos que não passam para o motorista a ideia de localização, ali no porto é relativamente fácil de localizar pela proximidade com o mar e mesmo assim tem gente desorientada! Volto a ressaltar que as pessoas tem dificuldade de entender mapas o que dirá um aéreo! Acho que aquele mapa com cara de guia de ruas e com pontos de referencia, ainda faz mas efeito do que o aéreo e se distribuído de maneira estratégica então... melhor ainda. Com certeza quem fez esse mapa NÃO SABE fazê-lo em formato esquemático(dá trabalho!) e copiou do Google Earth ou Maps...Ficou legalzinho porém ficou com cara mapa de venda de imóvel misturado com mapa de projeto de engenharia, assim que puder postarei um aqui,
que foi totalmente desenvolvido em Google Earth/Aerofotogramétrico e quero ver as pessoas de localizarem sem pestanejar.
A minha insistência de postar mapas esquemáticos de trânsito antigos é para demonstrar que isso não é novidade e transmitir minha experiência de mais de 20 anos na área de tráfego realizando esse tipo de trabalho. Sempre realizavámos esse tipo de divulgação na rua em quetsão e seus arredores, dependendo da situação íamos de prédio em prédio conversar com os condôminos, pregávamos cartazes nos elevadores, etc, etc,...mas insistem em desmemoriar as pessoas fazendo-as crer que isso é inovador e que mundo começou ontem, que isso nunca havia sido feito antes, lêdo engano!..tsc
Postar um comentário