segunda-feira, janeiro 03, 2011

Identidade Visual (Branding)

Continuando: "Cartão de Visitas"
Os cartões denominados de "visita" tem função comercial e pessoal mas hoje ele é usado principalmente para uso comercial, isso não significa que você não possa utilizá-lo para outro fim, vejamos algumas outras modalidades:

Cartão de luto com tarja preta
  1. Cartões de Casamento;
  2. Cartões de luto *;
  3. Cartões comerciais;
  4. Cartões de visitas;
  5. Cartões Postais.
Os cartões podem conter as seguinte informações:
  1. Nome e sobrenome;
  2. Nome, sobrenome, título, profissão e cargo;
  3. Nome, sobrenome, título, profissão, cargo, endereço e telefone;
  4. Cartão de luto com letras prateadas ou brancas
  5. Nome, sobrenome, título, profissão, cargo, endereço, telefone e verso com informações complementares(que está se tornando bem comum);
     
    Lembram do centro ótico? Olha ele sendo aplicado aqui:
    • O cartão com nome e sobrenome pode ter o texto centralizado ou não, mas quando bloco de texto for centralizado o bloco de texto deverá ficar sobre o centro ótico, jamais no centro geométrico;
    • O cartão com nome, sobrenome e profissão deverá ficar com seu nome sobre o centro ótico e a linhada profissão deverá ficar sobre o centro geométrico ou quase, se houver muita informação na profissão ou cargo, a linha do nome deverá subir para que o conjunto mantenha-se no ponto exato (centro ótico);
    • O cartão com nome, sobrenome, profissão e/ou cargo, o nome deverá ficar sobre o centro ótico ou um pouco acima, as demais composições como endereço/rua/número/telefone deverão ser em corpo menor e locadas a esquerda e embaixo, bairro e CEP à direita e se estes não constarem colocar telefone no lugar(direita);
    Bom, todo esse conhecimento se aplica quando o conceito clássico/técnico de confecção é respeitado, porque atualmente pouco ou nada se utiliza disso(infelizmente),  ainda temos que agradar o cliente e algumas das vezes eles não aceitam nada do que sugerimos, ainda mais quando o assunto é cartão de visitas, sabe aquela coisa do "Eu tô paganô"! Todo mundo acha que é fácil e que não existe nenhuma técnica, ééé estamos cercados de gráficos e designers! rs...Se o seu poder de convencimento falhar, use a física(mas não a força física, hehehe) e mostre porque o nome deve ficar sobre o centro ótico, convença-o! Na internet e em livros existem muitos locais explicando o que é centro ótico, é a ciência ajudando a arte.

    *Muitos cartões que hoje são considerados modernos eram de luto antigamente. 
    Livro de base para consulta "Planejamento Visual e Gráfico - Professor Milton Ribeiro
    Com interferências profissionais e pessoais minhas. 
    Postar um comentário