segunda-feira, dezembro 27, 2010

Identidade Visual (Branding)

Diagrama de construção


Espiral Logaritimica
A Identidade Visual é formada por um conjunto de normas e regras que identificam uma determinada marca e dentre esta gama de inúmeras regras encontram-se os impressos de papelaria e tudo aquilo que se reporta aos impressos  ditos institucionais. Este material pode ser classificado por uma etiqueta, sinalização, identificação de frota, um cartão de visitas ou, quiçá, uma macroimpressão de uma empena de prédio. O Professor Gilberto Strunck no seu livro " Identidade Visual - A Direção do Olhar", com sua percepção apurada, tem uma frase que resume bem o comportamento humano: "O ser humano pensa visualmente"...e é isso mesmo! Um dos principais sentidos que nos difere dos outros animais é a visão, o dicernimento pelo visual, seja pelo traço em uma caricatura , pelas cores em uma pintura ou pelas formas, então porque não usarmos nosso sentido maior para divulgarmos nossa marca?!? Vamos para a prática, começaremos por algo considerado bem banal: O cartão comercial ou cartão de negócios ou cartão de visitas*, você deve achar que não existe nenhuma técnica para criar um e que não tem ciência, certo?...Errado!A criação de um simples cartão de visitas tem técnica e ela começa, dentre outras situações,  pelo Princípio de Vitruvio que diz: "Para que um todo, dividido em partes desiguais tenha um aspecto harmonioso, é necessário que exista, entre a parte pequena e a maior, a mesma relação entre o grande e o todo" , eu resumiria em: Tem que  haver equilíbrio para haver harmonia nas proporções.
Formato 74,25 X 52,5 mm
E qual o formato para o cartão? Bom, você teoricamente pode usar qualquer formato,  lembrando que as medidas devem ser compatíveis com um maior aproveitamento da folha de impressão e que o cartão será guardado num porta cartões ou numa carteira de bolso, aí então chegamos a algo parecido com 90 mm X 50 mm ou 74,25 mm X 52,5 mm, neste nosso exemplo usarei o mais comum 90 X 50mm, para imprimir em impressoras domésticas de jato de tinta ou laser estes 02 formatos são os que dão boa produtividade, veja diagrama e qual formato mais lhe agrada, eu prefiro 90 mm X 50 mm, acho mais harmonioso e menos quadrado, mas gosto é gosto.
Formato 90 X 50 mm
Lembrem-se estes modelos aqui apresentados são para folhas de A4** ou carta e para impressoras domésticas, impressão off-set é outro papo, claro que você pode manter os formatos de refile*** aqui propostos mas sempre tendo em consideração o aproveitamento e a proporcionalidade do papel na máquina de impressão. Existe, também, aqueles papéis que você compra na papelaria que já vem com microserrilha(eu abomino, prefiro cortar com estilete), eles são encontrados naqueles formatos descritos anteriormente e normamente esses formatos de cartões rendem dez cartões por folha.
A obtenção do retângulo áureo
*Cartão de vistas =o nome é variável em função da sua utilização
**Formato A4 = 210 X 297mm
Carta = 215,9 X 279,4 mm
Estas medidas quebradas são em função dos papéis serem mensurados em polegadas ou paicas, a paica é uma medida originária da polegada (corresponde a 0,166 polegada = 4,218 mm).
***Refile = Corte final dado nas laterais de um impresso para acerto de formato, aparar para formato.
Postar um comentário