terça-feira, dezembro 18, 2012

Query Code ou Quick Response Code ou Código Bidimensional


QRCode
QR- Code
Query Code ou Quick Response Code ou, apenas, Código Bidimensional existe desde 1994 e foi, primeiramente, usado para identificação de peças de automóveis. No Brasil sua primeira aparição foi em 2007 numa propaganda de uma loja de eletrônicos e depois em 2008 numa campanha de uma operadora de telefonia celular*. A Prefeitura/SMTR através de um de seus fornecedores utiliza o código em dos seus impressos mas sem muita convicção.Tento de desde 2007 implantar (com seriedade) em nossos trabalhos o elemento, mas esbarro na desinformação,dificuldade em encontrar aparelhos que venham de fábrica com o programa instalado e desconhecimento (leia: Qr-code).Ontem (19/12/2012) saiu uma matéria num telejornal sobre o uso do QR-Code, a matéria passava a idéia como se fôra uma grande novidade, o que sabemos que não é, mas serve para impulsionar, ampliar o conhecimento e aumentar a utilização desse elemento de codificação.
Os códigos de barras convencionais são capazes de armazenar um máximo de aproximadamente 20 dígitos, QR Code é capaz de lidar com várias dezenas a várias centenas de vezes mais informação. QR Code é capaz de manipular todos os tipos de dados, tais como caracteres numéricos e alfabéticos,símbolos binários e códigos de controle. Até 7089 caracteres podem ser codificados em uma etiqueta de papel, já pensou?! Dá para fazer muita coisa, você pode colocar um texto, um símbolo, um alfanumérico ou uma URL, dentre outras coisas.

Fonte: *Wikipedia
Postar um comentário