sábado, janeiro 15, 2011

Identidade Visual - Branding: " O projeto gráfico"

Monograma*
Partindo da premissa que já temos o produto, criaremos uma logomarca(fictícia), uma tipologia(idem), etc, etc...que tal partirmos para o projeto gráfico ou seja o graphic design, propriamente dito? Podemos começar pela parte de papelaria que é o mais comum e mais simples, conforme formos evoluindo acompanharemos o desenvolvimento do projeto, normatização, suas aplicações e variações. Nossa marca estará associada a uma linha de roupas classe C e D, mas com qualidade boa e para um público de bom gosto(fictício), vamos começar pelo estudo de cores, ampliação, redução, no comportamento em suas diversas aplicações. Caso o cliente tenha pretensão de usá-la em outras aplicações como para WEB ou vídeo, experimente fazê-la com movimento ou com volume 3D, isso sempre impressiona e causa uma boa imagem.
O cliente gostaria de uma logomarca que se reportasse a sua pessoa, então num bate papo informal fui levantando seus desejos e cheguei a idéia de criar um monograma, partindo das iniciais do seus dois primeiros nomes para  que com isso, posteriormente, fizessemos uma associação NOME X MONOGRAMA X MARCA X PRODUTO e seus desdobramentos.
Alinhada pela direita
Corel Draw
Voltando para a logo 2D, comece aplicando-a numa folha de papel A4, não esqueça das margens de defensa(ver Margens pré-definidas), elas podem ajudar muito quando a folha for impressa, grampeada ou perfurada para arquivamento como veremos mais adiante, não esqueça das informações corporativas que podem estar no rodapé ou abaixo da logo no cabeçalho. As margens de defensa são super importantes, também, na impressão em impressoras comuns domésticas e de escritório, tanto de jato de tinta quanto a laser, a não ser que você tenha uma impressora super A3, ou outra destas de grandes formatos, que o refile permaneça dentro da área de defensa e lembre-se: é sempre bom ler o que diz o manual sobre área de impressão da impressora, alguns programas, como o Corel e o Illustrator por exemplo, tem uma ferramenta que diz o tamanho da área de impressão mas às vezes não batem com a realidade, verifiquem primeiro.
Posicionamentos
Prepare a logomarca para ser usada em softwares diferentes dos que você está acostumado a usar, de preferência a extensões que possam ser importadas ou inseridas em outros programas, arquivos do tipo: PNG, WMF, BMP, JPG , TIF, GIF, etc..observe e entenda que cada uma delas tem uma definição e aplicação com funções e qualidades diferentes, mas o cliente quer usá-la e se você não quiser correr riscos de ser importunado porque a marca ficou deformada,  deixe tudo preparado para as aplicações nos modelos que o cliente venha a usar, principalmente para algum tipo de editor de texto como Word, hoje é muito comum usarem as impressoras domésticas ou birôs para imprimir trabalhos gráficos e deixar o material pronto já facilita, mas se você quer deixar tudo em arquivos fechados que não permita nenhum tipo de edição por parte do cliente, salve como PDF (se bem que hoje existem muitos softwares que quebram o PDF). Estas algumas pequenas medidas que irão melhorar o desempenho, acabamento e maior aproveitamento do seu material gráfico, e sem desperdícios. Faça um gabarito de construção da logomarca, caso queira registrá-la ou para envio para algum letrista(apesar de hoje raríssimamente se usar este tipo de mão de obra), mas é sempre bom ter guardado principalmente quando a logomarca é uma imagem abstrata ou uma fonte criada especialmente para o seu cliente, neste caso em particular foi criado um monograma coma as iniciais dos dois primeiros nomes do cliente. Guarde os estudos feitos a mão eles são essenciais para mostrar o passo a passo da construção da sua idéia e uma fonte para outras criações.
Illustrator

Margem de segurança

Lembre-se sempre: DESIGN = PROJETO e você como é o DESIGNER...ou seja és o PROJETISTA, então não culpe a máquina, a gráfica, fabricante, o estúdio ou sei lá quem por um erro, porque você é quem fez o projeto, os fornecedores são meros produtores do seu trabalho, faça acompanhamento de toda a cadeia de produção para não ter reveses e aborrecimentos, peça uma prova e quando chegar o produto faça uma seleção por amostragem. Um projeto bem feito não é apenas um desenho bonito, tem que ter conteúdo, texto explicativo, a memória descritiva, justificativas e detalhamento de materiais, se puder fazer um manual explicativo melhor ainda. Se você já faz isso, parabéns, você é um projetista! Se não faz, não sabe e não gosta...acho melhor você mudar de ramo.(continua)
FS - Rio Style

Rascunho
*Monograma é a sobreposição, agrupamento ou combinação de duas ou mais letras ou outros elementos gráficos para formar um símbolo. Monogramas freqüentemente são construídos combinando as letras iniciais do nome de uma pessoa ou empresa e podem ser usados como símbolos ou logos(wikipédia).
Gabarito de construção


Postar um comentário